(18) 99781-7677 contato@dinamicaej.com.br UEM - Maringá/PR

SCRUM: Gerenciando projetos dentro do prazo e com qualidade

É muito provável que sua empresa já tenha apresentado dificuldades em relação a processos, pessoas, prazos ou estoques, não é mesmo? Esses problemas, possivelmente, são consequências da falta de um gerenciamento de projetos preciso.

Com as inúmeras mudanças e com a correria do dia a dia, é comum que surjam alguns problemas, como atraso das entregas e outras barreiras que desalinham o planejamento inicial.

Visando amenizar tais problemas, as metodologias ágeis estão conquistando espaço nos setores administrativos e de projetos das empresas. E é exatamente disso que o Scrum se trata: ferramenta que implementa o desenvolvimento ágil.

Desse modo, se você deseja conhecer e entender como elas podem te ajudar a aumentar a qualidade nas suas entregas continue acompanhando!

O que é o Scrum?

Mas afinal, o que é o Scrum? Basicamente, é uma estrutura de agilidade que faz com que a equipe aprenda com as experiências e seja aberta a mudanças, proporcionando uma melhoria contínua.

Além disso, o Scrum permite a organização na solução de um problema e é muito flexível, podendo se encaixar a diferentes estilos e tipos de equipes.

Inspirado na formação do jogo inglês Rugby, o termo Scrum refere-se à maneira como um time se une para avançar com a bola pelo campo. A metáfora se alinha perfeitamente à ideia do método, pois o posicionamento da equipe é cuidadoso, ou seja, existe clareza de objetivo e ideia de unidade.

Sabemos que um projeto complexo e com muitas pessoas necessita de um cuidado a mais em seu gerenciamento. Assim sendo, a metodologia Scrum divide esse projeto em pequenos ciclos de desenvolvimento, prezando pela comunicação clara e transparente.

Desse modo, são realizadas reuniões frequentes, chamadas de daily meetings, onde a equipe alinha e organiza os backlogs, planeja os sprints, entre outros. Fique tranquilo pois explicaremos cada um desses termos a seguir.

Termos Técnicos

Agora que você já sabe o que é a metodologia Scrum, falaremos sobre seus termos técnicos para que você possa compreender ainda melhor.

Sprints: principal lista de atividades, com duração de 1-4 semanas. No início de cada sprint, são realizadas reuniões para planejar os itens do backlog do produto.

Backlog do Produto: é o conjunto de objetivos e funcionalidades do projeto. É mantida pelo gerente de produtos, e é constantemente revisada para implementação de melhorias, caso necessário.

Backlog do Sprint: São as tarefas específicas de cada sprint. Pode ser desenvolvido ao longo do ciclo, desde que a meta inicial não seja comprometida.

Sprint Review Meeting: reuniões que ocorrem no final dos sprints, onde a equipe apresenta o trabalho realizado e seus resultados. Feito isso, a equipe deve seguir para o próximo ciclo.

Produto/Funcionalidade Concluída: É o resultado final proveniente do sprint, que será exibido para a equipe.

O importante com essas definições é conseguir absorver o essencial da metodologia. Acompanhar o projeto e estimular a troca de experiências e conhecimentos é fundamental para que as atividades sigam um bom planejamento.

Além disso, vale ressaltar que a comunicação deve ser transparente, de modo com que toda a equipe tenha conhecimento sobre o que está sendo realizado.

Scrum como Metodologia Ágil

Como não se trata de um conjunto de regras, mas sim de uma filosofia de trabalho, o Scrum pode ser totalmente adaptado a vários projetos e diferentes tipos de empresas.

Entretanto, não podemos nos esquecer que o Scrum é diferente de agilidade em si. Enquanto a agilidade é uma forma de pensar, a metodologia tem o objetivo de concluir tarefas.

Vale citar que o Scrum pode ser exercido juntamente a um quadro Kanban, dividindo as tarefas em A fazer (TO DO), Fazendo (IN PROGRESS) e Feito (DONE).

Por sua vez, as atividades são mensuradas em relação à dificuldade. Assim, é possível utilizá-las futuramente para saber a velocidade da equipe e sua eficiência, e a partir disso, estipular um prazo mais assertivo de conclusão de projeto.

Para você se aprofundar mais nesse assunto, disponibilizamos um Ebook sobre Metodologias Ágeis onde falamos sobre Scrum, OKR, Design Sprint e mais! Não deixe de conferir!

 

Metodologia Ágil x Modelos Tradicionais

Agora você deve estar analisando se realmente vale a pena migrar para essa metodologia diferente da usual. Então, vou apresentar alguns pontos principais sobre as diferenças entre o Scrum e os métodos tradicionais:

-Entregas contínuas: atrasos, por menores que sejam, podem ser extremamente prejudiciais ao sucesso do seu projeto. Com o Scrum, os ciclos são mais curtos e assim, as entregas são contínuas.

-Transparência no processo: Com o processo dividido em pequenas etapas, a transparência do seu andamento é facilitada. Assim, qualquer membro consegue ter uma visibilidade das ocorrências.

-Alta qualidade nas entregas: Sabemos que a metodologia ágil proporciona correções rápidas e imediatas, se necessário. Além disso,  o monitoramento constante das entregas faz com que as mesmas mantenham um padrão alto de qualidade.

Três Pilares Fundamentais

Para você se aprofundar um pouco mais, na metodologia Scrum existem três papeis fundamentais para o gerenciamento. São eles Product Owner, Scrum Master e Time de Desenvolvimento. Falaremos especificamente sobre cada um a seguir:

Product Owner

Consiste no ponto central da equipe. Basicamente, é o líder sobre o produto, ou seja, é o encarregado por decidir o que será feito e a ordem com a qual ocorrerá.

Além disso, O Product Owner é responsável pela comunicação entre os participantes e por garantir a transparência e visibilidade a todos os membros.

Scrum Master

Funciona como um “incorporador”. Ele ajuda os membros da equipe a obter seu melhor desempenho, além de facilitar o desenvolvimento do projeto.

De certa forma, o Scrum Master também exerce um cargo de liderança, uma vez que é responsável por trazer melhorias e lidar com possíveis obstáculos que podem atrapalhar o rendimento da equipe com a metodologia.

Time de Desenvolvimento

 O time de Desenvolvimento, também chamado de Time Scrum, consiste na junção de todos os membros. Sabemos que as equipes do Scrum são multidisciplinares e são elas próprias que realizam toda a construção do sprint e do produto final.

Aqui, o objetivo é reconhecer a melhor forma de trabalhar, como um auto gerenciamento. Normalmente, os times não são muito grandes – variam em até 10 pessoas. Isso se dá ao fato de que é mais fácil e prático dividir o projeto em etapas e lidar com times menores.

Colocando em prática

E como é possível colocar tudo isso em prática? Simples! Além de montar os sprints nos quadros e realizar a mensuração das atividades, a equipe deve ter total autonomia e flexibilidade.

O recomendável é que a equipe reúna-se todo dia por pelos menos 15 minutos, de preferência no início do expediente, para discutir 3 questões:

  • O que você fez ontem para ajudar a equipe a concluir o sprint?
  • O que você fará hoje para ajudar a equipe a concluir o sprint?
  • Há algum obstáculo que esteja impedindo você ou a equipe de alcançar a meta do sprint?

Essas 3 perguntas podem ser definidas como a alma do método Scrum, pois a partir dessa reunião será possível saber o nível de andamento do projeto e se há empecilhos. Ou seja, é possível ter uma previsibilidade e organização quanto ao projeto.

Assim, como já dito anteriormente, a existência de empecilhos não será um problema grande, pois o Scrum permite respostas e soluções de forma rápida, contribuindo para o aumento da eficiência e mantendo um time produtivo.

Conclusão

Por fim, concluímos que utilizando essa metodologia ágil, os projetos terão mais chances de serem terminados no prazo e possivelmente terão maior qualidade.

Logo, como a equipe possui total autonomia sobre o projeto, ela saberá melhor o que deverá ser feito e também será livre para propor ideias das mais variadas possíveis, o que alavanca o fator de criatividade e inovação.

Dessa forma, o método de gerenciamento de projetos Scrum revela-se com mais qualidades que métodos tradicionais, valendo a pena aderir a esse conceito.

Deseja implementar essa metodologia ágil na sua empresa? Oferecemos um serviço de estratégia que mensura os resultados obtidos, direcionando as novas tomadas de decisão.

Além disso, visamos entender a capacidade máxima de tarefas que sua equipe realiza e assim traçar as metas finais. Logo, se você deseja conhecer sua real capacidade de produção e crescer exponencialmente, confira-o aqui!

Além disso, disponibilizamos um Ebook gratuito sobre Metodologias Ágeis para você se aprofundar mais! Não deixe de conferi-lo aqui!

Caso ainda permaneça com alguma dúvida sobre como aplicar o Scrum na prática, entre em contato conosco!

12 / 97

Deixe uma resposta

Required fields are marked