Sua empresa já apresentou dificuldades em relação a processos, pessoas, prazos ou estoque? Alguma vez os colaboradores de sua empresa já comentaram estar sobrecarregados? Possivelmente, todas essas dificuldades sejam consequência de uma única dificuldade em comum, a falta de um gerenciamento de projetos preciso.

SCRUM: Gerenciando projetos dentro do prazo


Na maioria das vezes, aqueles planejamentos cheios de diagramas e cores, como um gráfico de Gantt, não correspondem à realidade. Isso ocorre por esses tipos de planos não serem abertos a mudanças e, tampouco flexíveis.

Enfim, vamos ao que interessa. Segundo a 12th Annual State of Agile Report (12º Relatório Anual do Estado Ágil), o método Scrum está entre 56% das metodologias ágeis mais utilizadas, e é sobre ele que falaremos.

Inspirado em uma formação do jogo inglês Rúgbi, o termo Scrum refere-se à maneira como um time se une para avançar com a bola pelo campo. A metáfora se alinha perfeitamente à ideia do método, pois o posicionamento da equipe é cuidadoso, existe a clareza de objetivo e a ideia de unidade.

Mas de que modo o Scrum funciona como uma metodologia ágil de gerenciamento de projetos?

Como não se trata de um conjunto de regras, mas sim de uma filosofia de trabalho, o Scrum pode ser totalmente adaptado a vários projetos e tipos de empresas. Pode-se dizer que sua base sejam os sprints, ou arrancadas. Geralmente, elas possuem duração de 1 a 4 semanas e, em conjunto com um quadro kanban, é possível dividir as atividades do projeto em “A fazer”, “Fazendo” e “Feito”.

Por sua vez, as atividades são mensuradas em relação à dificuldade, utilizando a sequência de Fibonacci como critério. Essa mensuração pode ser utilizada futuramente para saber a velocidade da equipe, assim sendo possível estipular um prazo mais assertivo de conclusão do projeto.

E como é possível colocar tudo isso em prática?

Simples, além de montar os sprints nos quadros e realizar a mensuração das atividades, a equipe, que deve ser pequena e ter total autonomia e flexibilidade em relação ao projeto, deverá reunir-se todo dia por pelo menos 15 minutos no começo do expediente, de preferência, para discutir essas 3 questões:

  • O que você fez ontem para ajudar a equipe a concluir o sprint?
  • O que você fará hoje para ajudar a equipe a concluir o sprint?
  • Há algum obstáculo que esteja impedindo de você ou a equipe de alcançar a meta do sprint?

Essas 3 perguntas podem ser definidas como a alma do método Scrum, pois a partir dessa reunião será possível saber o nível de andamento do projeto e se há empecilhos. Mas quais são os resultados?

Utilizando essa metodologia ágil, os projetos terão muito mais chances de serem terminados em prazo e possivelmente terão maior qualidade, pois como a equipe tem total autonomia sobre o projeto, ela saberá melhor o que deverá ser feito e também será livre em propor ideias das mais variadas possíveis, o que alavanca o fator de criatividade e inovação. Dessa forma, o método de gerenciamento de projetos Scrum revela-se com mais qualidades que métodos tradicionais, valendo a pena aderir a esse conceito.

Autor: Guilherme Tormem