Segundo a metodologia Lean, produtos em estoque é um dentre vários desperdícios que deve ser eliminado para que se tenha uma produção enxuta. Porém, para trabalhar com zero estoque ou manter a estocagem equilibrada para atender a demanda sem excessos, é necessário que a empresa possua um bom controle de estoque.


O objetivo de uma boa Administração de Estoque é principalmente garantir um rápido atendimento às necessidades do cliente, dar continuidade às operações, praticar melhores preços para ganhar desconto comprando produtos em quantidade com a finalidade de gerar lucro para a empresa.

Sendo assim, para se dar inicio a administração é necessário, primeiramente, realizar a Curva ABC que é um método de classificação de informações com o intuito de separar os itens de maior importância ou impacto dos itens de menor importância dentro do estoque, dividindo-os da seguinte maneira:

• Classe A: são aqueles mais fortes em termos de lucros para o negócio, pois são responsáveis por 80% do faturamento. São produtos mais caros ou que são comprados com maior frequência;

• Classe B: são os produtos de médio impacto nos negócios e representam 15% do faturamento;

• Classe C: são os mais fracos em termos de geração de lucros, pois possuem uma frequência de saída menor, ou são produtos mais baratos. São responsáveis por apenas 5% do faturamento total.

Tendo esses dados é possível saber quais produtos podem ser retirados do estoque que não trará prejuízos para a empresa. Outro fator importante que deve ser analisado é a organização física dos produtos, para que eles sejam facilmente armazenados, encontrados e retirados. Determinar os espaços por tipo de produto, identificar corredores e prateleiras, criar endereços de armazenamento e identificar os materiais com etiquetas logo no recebimento, são processos imprescindíveis para se ter uma boa organização do estoque.
Por fim, é necessário ter uma capacitação dos colaboradores pois nenhum sistema de gestão é capaz de garantir controles de estoque 100% corretos se as pessoas não estiverem comprometidas com isso.

A gestão de estoque é, portanto, um desafio para a maioria das empresas. Por isso, é fundamental ter o conhecimento sobre como administra-lo para saber empregar o capital da empresa de maneira adequada evitando prejuízos.

Autora: Natália Bernabé