A área de Plano de Negócio tem como objetivo orientar a busca de informações detalhadas sobre o ramo da empresa, os produtos e serviços que irá oferecer a seus clientes, concorrentes, fornecedores e, principalmente, sobre pontos fortes e fracos do negócio, contribuindo para a identificação da viabilidade de uma ideia na gestão da empresa. Além disso, proporciona um grande diferencial competitivo e permite identificar e restringir os erros do negócio no papel.

A Dinâmica realizou um projeto de Plano de Negócio para um futuro empresário que tinha o objetivo de abrir uma empresa fornecedora de componentes para aquecedores solares. Para o desenvolvimento do documento com informações detalhadas sobre o negócio idealizado, foram feitas diversas pesquisas sobre os gastos de uma empresa desse ramo, chegando a entrar em contato com empresas chinesas para levantar o orçamento do maquinário.

A consultoria teve como entrega um documento com o Plano de Negócio solicitado pelo cliente, que continha informações sobre a missão e descrição da empresa e do empreendedor, enquadramento Tributário e forma Jurídica em que esta seria criada, previsão de vendas para os quatro primeiros anos de funcionamento, investimento inicial e o tempo necessário para obter seu retorno. Além disso, foi determinada a fonte de recursos (sócios) de que a empresa necessitaria.

Também foi feita uma Análise de Mercado do ramo da empresa, incluindo dados sobre fornecedores, perfil dos clientes e detalhes sobre a concorrência, estabelecendo um comparativo com as duas principais empresas que atuam no mesmo ramo em que o cliente ansiava atuar. Além disso, foram levantados, por meio de uma Análise SWOT as forças, fraquezas, oportunidades e ameaças do negócio como um todo.

Outro tópico abordado no documento é o Plano de Marketing ideal para a empresa, que traz o planejamento para uma possível certificação Inmetro, uma descrição completa do produto (incluindo seus diferenciais em relação aos concorrentes) e o cenário do mercado em que a empresa atuaria. Também foi feito um gráfico da Previsão de Demanda para os primeiros quatro anos da empresa e levantadas vantagens ambientais presentes no negócio, que é analisada como um diferencial extremamente importante para as vendas da empresa. Ainda nesse âmbito, foi descrito o cenário de Legislação do país em relação ao comércio de aquecedores solares. Definiu-se também a melhor estrutura de comercialização para a empresa quando recém-criada. Foi definido o melhor local para instalar a empresa, levantando os benefícios que a cidade poderia trazer à empresa (em âmbitos de fornecedores, mão de obra, benefícios fiscais e crescimento a nível nacional).

Dentro do tópico de Plano Operacional, foi desenvolvido o melhor Layout para a fábrica, levando em conta a melhor disposição do maquinário de acordo com a sequência das operações, visando economia de tempo e maior organização do espaço produtivo e administrativo. Assim, foi definida também a Capacidade Produtiva da empresa e o Regime Operacional desta (tempo de funcionamento).

No documento também foi proposto um Sistema Integrado para controle da área administrativa, que consistiria em um software de gestão ERP (Enterprise Resource Planning). Ainda no tópico de Plano Operacional, foram levantadas as máquinas necessárias para o pleno funcionamento da fábrica, descrevendo o modelo, utilização e contato para compra de cada uma, com seu preço especificado. Também foi levantado um plano de Logística Externa para a entrega de mercadorias, analisando que o mais viável para a empresa seria deixar o transporte por conta do comprador, pelo menos em sua fase inicial.

O documento traz com riqueza de detalhes os processos a serem realizados na fabricação dos produtos, mapeados por meio de fluxogramas. Também foram organizados os cargos e a quantidade de pessoas nestes alocados dentro da empresa, incluindo uma breve explicação de suas funções e qualificações.

Por fim, com todas as informações levantadas no documento, foi possível à equipe desenvolver o Plano Financeiro da empresa, que é um dos principais objetivos do Plano de Negócio. Assim, por meio de tabelas, foram detalhados todos os gastos necessários para abrir a empresa (incluindo despesas pré-operacionais, investimentos fixos em máquinas, ferramentas e utensílios, além do capital de giro). Portanto, foi estipulado o investimento total que o cliente deveria fazer para inserir uma empresa de fornecimento de componentes para aquecedores solares no mercado.

Ainda no Plano Financeiro, no âmbito de faturamento mensal e anual, foi projetado o faturamento que a empresa possuirá após cinco anos de funcionamento. Assim, também foram levantados os custos cotidianos da empresa, que incluem gastos com matéria-prima, mão de obra, depreciação dos equipamentos e amortização. Com essas informações, tornou-se possível calcular o custo unitário para cada produto e, assim, estabelecer um preço de venda coerente para estes, baseado no ponto de equilíbrio da empresa (ou seja, onde esta não teria nenhum prejuízo).

Por fim, como entrega final da consultoria, o documento aponta a lucratividade e rentabilidade do negócio, com as quais é possível estabelecer um prazo de retorno do investimento inicial e o Fluxo de Caixa mensal estimado para o primeiro ano de funcionamento.

Assim sendo, o projeto trouxe ao cliente diversas informações sobre seu negócio, que proporcionaram a este um embasamento completo para ajudar na decisão entre abrir ou não a empresa, baseado em informações concretas.