Imagem de capa escrita OKR no centro e a logo da dinâmica no canto inferior direito

O que são? Como usa-los? Quando usa-los? 

Adaptações, mudanças e atualizações são casos que, necessariamente, acontecem em um negócio de sucesso. Se você tem uma empresa e deseja vê-la prosperar, saiba que o melhor a se fazer é mantê-la em movimento e prezando por melhorias. Assim ela terá uma ótima cultura de progresso e sempre estará com um time disposto a evoluir. 
É necessário que ela se mantenha atualizada e disposta a mudar para melhor, pois o mundo atual está com uma velocidade de transformação incrível, se remodelando a cada dia que passa. Ainda mais nesse momento sobre o qual estamos vivendo, não sabemos ao certo o que será do nosso futuro, nem como irá funcionar todo o processo comercial daqui pra frente. Porém podemos ter certeza de que mudanças virão, e já estão acontecendo muitas adaptações. Dessa forma, são em momentos como esses, momentos de transformação, em que a metodologia do OKR se aplica muito bem. 

Seguiremos adiante falando sobre OKR’s e algumas outras metodologias que possam se encaixar na sua empresa. Para esclarecer melhor colocaremos exemplos que usamos aqui mesmo, na Dinâmica.  

O que é OKR?

O OKR foi criado por membros da Intel e implementada em uma empresa que, naquela época, era só um projeto de garagem, mas hoje é nada mais nada menos que uma das três maiores empresas do mundo, a Google. Foi por meio das ações relacionadas aos OKR’s, que a mesma aumentou seu número de 40 pessoas em 1999 para mais de 60 mil atualmente. 

Nos seus primeiros anos de existência, eles usavam os OKR’s para controlarem suas métricas estratégicas, e se engana quem pensa que eles deixaram de lado essa metodologia. Ainda nos dias atuais, eles utilizam esses indicadores não só para alcançarem seus objetivos como também para fazer seus funcionários “saírem da caixa”. Sua função é selecionar os principais objetivos que a empresa quer atingir ao longo de um determinado tempo. Portanto, coloca alguns parâmetros relacionados, que irão servir como pilares para alcançar o que deseja. 

Objetivo 

A letra O de OKR é o Objective, que significa o objetivo que você quer conquistar. É aquele número de seguidores que você quer pra sua conta empresarial, é ter uma melhor qualidade de leads, ou ter uma maior produtividade em sua empresa, entre outros.  

Esses objetivos precisam ser poucos para que realmente haja um foco e fique mais fácil de traçar as ações que lhe manterão no caminho certo. É recomendado ter no máximo cinco objetivos, assim se coloca prioridades e facilita quando decidir qual rumo tomar. 

Como exemplo, para esse ano, nós da Dinâmica implantamos um OKR com o Objetivo de garantir o aprendizado, o crescimento e o bem-estar dos membros da empresa. 

Resultado chave 

KR é o Key Resultou seja, são os resultados chavesEstes são algumas tarefas que precisam ser feitas para que se alcance o objetivo final. Então, por exemplo, se você quer aumentar o número de seguidores da sua conta empresarial, seus KR’s poderiam ser: 

  • Investimento em patrocínio; 
  • Solicitação de uma consultoria de plano de marketing; 
  • Criação de conteúdos. 

Assim, sabe-se que seguindo essas tarefas, o objetivo final se torna mais próximo da realidade. Os KR’s precisam ser bem traçados de modo que estejam relacionados com o Objetivo e que sejam discutidos entre os membros da empresa. Dessa forma, todos vão estar alinhados e vão compreender onde a empresa pretende chegar. Vale ressaltar, que cinco KR’s é o número máximo recomendado para cada Objetivo, de modo que se tenha uma melhor visão 

Retomando ao exemplo da Dinâmica, para alcançar o objetivo de capacitação dos membros, traçamos uma meta para cada um dos seguintes KR’s: 

  • eNPS 
  • Score de gente 

Portanto, se essas metas forem atingidas, sabemos que conseguimos chegar onde queríamos. 

Imagem informativa do passo a passo do método OKR na sua empresa
Passo a passo do método OKR na sua empresa

Health Score e o KPI 

Além dos OKR’s, existem outros indicadores que ajudam a enxergar em qual situação sua empresa está. Health Score e KPI são alguns destes. 

KPI se relaciona muito bem com os OKR’s, ele simplesmente ajuda a estudar seus resultados obtidos através de cada medida tomada. O mais importante aqui é que se tenha o maior número de dados sobre sua empresa antes, durante, e após o final da estratégia escolhida. Sua diferença pro OKR é que o KPI é um indicador de um processo já em vigor, enquanto os OKR ‘s traçam os processos. Assim fica mais fácil de realizar este estudo. Aqui é possível ler mais sobre essa estratégia e entender melhor como aplicar esse estudo na empresa. 

Health Score é uma estratégia voltada para ajudar a saúde interna da empresa. Dessa forma, identifica as áreas que necessitam de suporte, seja na área de marketing, no RH, entre outros. Por exemplo, pode ser usada também para mostrar a situação da empresa com o cliente, o quão engajado ele está com sua marca. Dessa forma, é possível saber quantos consumidores fiéis estão com você e quantos correm riscos de ir em busca de outra parceria. Health Score é uma estratégia que requer uma vistoria menos rigorosa comparada as outras metodologias, um controle mais ameno já é suficiente para mantê-lo sob controle.

Aqui na Dinâmica utilizamos o Health Score, por exemplo, para manter um controle no número de acessos ao nosso site. Fazemos um acompanhamento mensal e caso o número comece a abaixar, traçamos tarefas para corrigir e evitar que isso se agrave. Portanto, aumentar o número de conteúdo é uma das medidas utilizadas. 

A importância dos indicadores 

Toda empresa possui um propósito, é assim que ela se motiva a funcionar, mas se não houver indicadores, seria como deixar alguém em um deserto sem nem um GPS e pedir pra encontrar um caminho. Uma empresa sem indicadores é uma empresa sem rumo, sem foco. É preciso ter indicadores para ter certeza que se está seguindo o caminho certo que o levará ao objetivo desejado.  

KR’s e KPI’s são considerados como indicadores, eles são as pequenas “metas” que a sua empresa precisa bater para chegar no final do ano e conquistar o alvo. Vale ressaltar a importância de analisá-los constantemente, assim é possível adaptá-los caso aconteça algum imprevisto. 

Com a gestão de indicadores eficaz você saberá onde é preciso traçar um plano de ação de melhoria garantindo o sucesso da sua empresa. 

OKR em cada setor 

Estudos confirmam que quanto mais detalhado for o seu objetivo, mais simples será de traçar suas tarefas para alcançá-lo. Como uma empresa não é homogênea, é importante que suas subdivisões também possuam OKR’s, para que assim, cada setor tenha tarefas específicas, que no fim irão ajudar com o objetivo principal da organização 

Por exemplo, se a empresa tem um objetivo de alcançar uma distribuição de 100 mil produtos ao ano, o setor comercial precisa ter um OKR para conquistar mais clientes por meio da prospecção ativa, e o setor de marketing, estratégias voltadas para aumentar o número de contatos que virão pelos seus canais de comunicação. Esses OKR’s ajudarão a empresa alcançar sua meta de distribuição. 

Como toda empresa consciente, nós da Dinâmica, também criamos OKR’s para cada setor. No Comercial, por exemplo, temos um OKR que visa a capacitação dos assessores, com as seguintes KR’s: 

  • Reuniões semanais com os assessores e o diretor Comercial para troca de aprendizado; 
  • Treinamentos mensais com os consultores sobre a área de vendas e negociação. 

Nota-se que são KR’s que se relacionam com o Objetivo, e que este proporciona uma grande chance da empresa alcançar a qualificação dos integrantes. 

Como aplicar na sua empresa? 

A princípio, é preciso que a empresa decida onde quer chegar e o que quer conquistar em um determinado espaço de tempo. Claro que muitas vezes não queremos só uma coisa, mas se tentarmos ir para todos os lugares, corremos o risco de não chegar a lugar algum. Por isso que seus objetivos precisam ser poucos, priorize no máximo cinco. 

E então comece a discutir com seu time o que vocês precisam fazer ao longo do ano para que isso se torne possível.  

Assim você estará pensando nos seus KR’s, que também precisam ser poucos, para que se tenha afazeres melhores traçados. Estes seriam os OKR’s macros da sua empresa. Além do mais, pode haver uma divisão entre os setores, como o setor de marketing ou o de comercial, e é importante que cada um deles também tenham seus OKR’s, que os próprios líderes das tais áreas podem planejá-los, colaborando com os macros da empresa (as regras de aplicação seguem as mesmas).  

Como 5 OKR’s para uma empresa se sustentar ao longo do ano é muito amplo, sugere-se que sejam criados OKR’s trimestrais e que sejam revisados mensalmente, para que haja um controle e uma melhor visão do caminho que está seguindo, e caso aconteça algum imprevisto, seja possível que se crie OKR’s semanais estratégicos para controlar a situação. 

Para ficar mais claro, segue a demonstração abaixo:

Imagem informativa da OKR aplicada nos setores da empresa

Conclusão 

Por fim, a função dos OKR’s é ajudar a sua empresa a definir e alcançar seus objetivos, com suportes que lhe mostrarão se está no caminho certo ou não. Dessa forma, ter uma boa conexão com os membros da empresa traz um grande suporte para alcançar o objetivo.

Se está pensando em começar algo novo na sua empresa, ou até mesmo em sua vida pessoal, uma ótima maneira de se planejar é por meio dessa metodologia. Vivemos em um mundo que se pode errar, mas que é preciso se corrigir rápido. 

Aplicativos como o trelloexcel ou um quadro canvas, são plataformas que ajudam muito a manter um controle dos OKR’s. Lá se pode escrever quais são os objectives e os Key Results e ir “dando um check” quando for alcançando os resultados, ou então, ir traçando novas estratégias para melhorias. Para mais informações, entre em contato conosco!