(44) 99880-0690 contato@dinamicaej.com.br UEM - Maringá/PR

Google Ads: Como escolher os anúncios ideais e converter mais

google ads para converter mais

Enquanto você navega pela internet e pelas redes sociais, você já deve ter se deparado com várias propagandas e anúncios, não é mesmo? Além disso, quando você realiza uma pesquisa pelo Google, muitas vezes aparecem alguns links no topo dos resultados da sua busca.

Esses anúncios consistem em anúncios pagos, e são controlados pelo Google Ads. O uso dos mesmos vem crescendo cada vez mais, e você mesmo já deve ter percebido isso, por exemplo, na quantidade de propagandas em um simples vídeo do YouTube.

Isso porque esses anúncios pagos vem sendo uma das principais estratégias para alavancar as vendas online.

Sendo assim, nesse post iremos explicar como o Ads funciona, qual a importância de usá-los para promover sua marca, e também, apresentaremos algumas métricas para análises.

Então, se você ainda não está familiarizado com o assunto, continue acompanhando o post para ficar por dentro desse mundo dos anúncios e alavancar seu Marketing Digital!

O que é Google Ads?

E o que exatamente é o Google Ads? Bom, talvez você já tenha ouvido falar em Google AdWords. Era assim que o Ads era chamado antigamente. Mas, basicamente, Google Ads consiste na plataforma de anúncios do Google.

O Ads funciona exibindo seus anúncios nos resultados de pesquisas em modelo de links que são patrocinados. Para que os anúncios específicos apareçam nessas buscas, é necessário relacioná-los às palavras-chave.

Desse modo, quando o usuário digita a palavra-chave relacionada, o anúncio ideal aparece para o mesmo, garantindo mais assertividade para quem o recebe. Ou seja, a pessoa se depara com exatamente aquilo que ela está procurando.

Atualmente, o Ads lidera o mercado das campanhas de anúncios, sendo a principal fonte de receita do Google, fechando o ano de 2019 com mais de 134 bilhões de dólares.

Sendo assim, esse dado acaba por comprovar que as empresas realmente estão investindo em anúncios como forma de mostrarem o que oferecem entre as pesquisas feitas pelos usuários.

Qual a importância de usar o Google Ads?

Como falado anteriormente, o Ads vem crescendo muito e hoje é a principal fonte de receita do Google. Isso é consequência das empresas que estão percebendo a importância e o diferencial de rodarem anúncios na internet.

O mercado está cada vez mais concorrido, e no mundo digital isso não seria diferente, certo? Sendo assim, o Google Ads é uma ótima opção para quem busca destacar sua empresa, pois os anúncios têm foco em um públicofiltrado e segmentado.

Direcionando esse investimento para o grupo ideal, a marca tem mais chance de conseguir os resultados esperados. Pense assim: é mais viável exibir seus anúncios para um grupo pequeno, porém qualificado, do que para uma quantidade grande de pessoas que com certeza não se adequam ao que está sendo ofertado.

Portanto, através da seleção das palavras-chave ideais, a empresa consegue ter o controle do destino de exibição das campanhas. Ou seja, quanto mais precisa for sua estratégia, melhores resultados a empresa obterá.

Vale lembrar aqui que é muito importante estar alinhado também ao método de atração orgânico pois um complementa o outro.

Além disso, ao rodar a campanha, é muito importante controlar os números para assim, conseguir geri-las de uma forma que traga cada vez mais retorno, e consequentemente, cada vez mais sucesso.

Diferenças das Palavras-chave do Google Ads

Como vimos, as palavras-chave são muito importantes para o bom desempenho dos anúncios do Google Ads, e por isso, é fundamental conhecê-las e entender como utilizá-las.

Mas primeiramente, o que são essas tão faladas “palavras-chave”? Resumidamente, consistem em termos de uma ou mais palavras, e tem o objetivo de resumir o conteúdo de uma página da internet.

E por que elas são tão importantes? Através da escolha das palavras-chave ideias, seu site consegue atrair mais visitantes, seja em tráfego orgânico ou em tráfego pago.

Sendo assim, para conseguir uma boa performance das mesmas, separei os quatro tipos básicos das palavras-chave para você entender melhor cada uma e te ajudar na hora de escolher as ideais para o seu anúncio!

Simples

Como o próprio nome já diz, representam as palavras escritas de forma padrão. Devido a isso, são muito genéricas, possuindo um volume alto de busca, o que acaba dificultando a compreensão.

Compostas

Já nas compostas, mais palavras são adicionadas ao termo, resultando em um volume mais baixo de busca, e consequentemente, maior chance de conversão, uma vez que são mais direcionadas.

Locais

As palavras-chave do tipo locais são muito mais precisas pois conseguem direcionar a uma certa localização/região. Sendo assim, representam um volume mais baixo de busca, também resultando em maior chance de conversão.

Complexas

As complexas podem ser elaboradas fazendo a junção das compostas com as locais, e ainda acrescentar alguma outra palavra.

Isso torna a mesma muito mais precisa, e tem como consequência uma conversão muito alta já que o usuário já está muito bem direcionado e sabe exatamente pelo que deseja procurar.

Essas definições são só o início de todos os critérios que são necessários de serem levados em consideração no momento da elaboração do anúncio.

Então, se você deseja se aprofundar ainda mais no assunto, você não vai querer perder essa! A Dinâmica Consultoria irá oferecer um WorkShop de Google Ads!

Serão 3 dias de curso mais uma apostila muito detalhada explicando tudo que você precisa saber para dominar os Ads! Então, não deixe de conferir preenchendo os campos abaixo para obter mais informações! Venha otimizar seus anúncios conosco!

Formas de Anúncios do Google Ads

Agora que já introduzimos o conceito do Ads, é importante saber quais os tipos de anúncios que a plataforma oferece e de que forma é possível exibí-los.

Anúncios nas Redes de Pesquisa

Consistem no formato mais comum do Ads, sendo desenvolvidos somente por textos. Esses anúncios são exibidos de acordo com as palavras-chave, e se encontram no topo ou no rodapé do resultado da pesquisa.

Além disso, são acompanhados da identificação de “Anúncio”, mostrando que vem de mídia paga.

Esse tipo de anúncio é voltado para quem deseja vender algum produto ou serviço, já que o mesmo será exibido para quem está procurando exatamente pela palavra-chave que você classificou. Ou seja, público qualificado no momento ideal.

Com ele, a empresa só vai ter o gasto quando a pessoa clicar no link em destaque.

Anúncios nas Redes de Display

Já os anúncios das redes de display são aqueles do tipo banner. Isso mesmo, aqueles anúncios que aparecem enquanto você navega pela internet, sendo mostrados em páginas de blog e de notícias, por exemplo.

Sendo assim, o anunciante é quem configura em qual site ele deseja que seu anúncio seja exibido. Assim, é possível escolher aquele que melhor se encaixa com o que está sendo oferecido, garantindo mais assertividade.

Vale citar aqui que a rede de display atinge 90% dos usuários da Internet. E, além da forma em banner, esses anúncios também podem ser exibidos em formato de caixas de texto, em aplicativos ou até mesmo na caixa de entrada do Gmail.

Anúncios no YouTube

Os anúncios do YouTube nós conhecemos bem, não é? Você com certeza já viu pelo menos uma vez algum anúncio enquanto assistia a um vídeo na plataforma.

O investimento nesse tipo de anúncio é uma ótima opção pois representa chances altas de atração de clientes. Isso porque o público é muito bem segmentado por idade, localização, gênero e até mesmo remarketing.

Dentro dos anúncios do YouTube, existem algumas subclassificações, e as principais são:

Anúncios que podem ser pulados

Serão exibidos, antes ou durante o vídeo principal, e oferecem a opção de serem pulados após 5 segundos;

Anúncios que não podem ser pulados

Seguem o mesmo formato do anterior, mas com a diferença de que o usuário não consegue pulá-lo.

Anúncios em banner

São exibidos ao lado, abaixo ou até mesmo sobre o vídeo ocupando uma pequena parte do mesmo. Esse tipo só é exibido em computadores.

Cartões

São exibidos de acordo com o conteúdo do vídeo, e aparecem por alguns segundos, podendo receber cliques pelo usuário.

Algo interessante sobre esses tipos de anúncio é que caso seja pulado antes do final, o anunciante não será cobrado.

Anúncios de Aplicativos

Esse tipo de anúncio foca na promoção de novos aplicativos, influenciando os usuários a realizar o download do mesmo. Eles são exibidos para mais de um bilhão de pessoas de toda rede do Google.

Google Shopping

Já o tipo de anúncio do Google Shopping é voltado para quem possui e-commerce. Seu objetivo é promover os produtos, aumentando o tráfego e os acessos do site em questão.

Para sua exibição, a foto do que está sendo ofertado é colocada como parte do anúncio, normalmente contendo seu preço.

Tipos de Anúncio do Google Ads

Agora que você já conhece um pouco mais sobre as formas de rodar campanhas no Google Ads, iremos abordar quais os tipos de anúncio que fazem parte do Ads.

Existem dois tipos de anúncios: expandido e responsivo.

Anúncio Responsivo

Com os anúncios responsivos, as partes do anúncio são dividias e combinadas pelo próprio Google, o qual encontra a combinação ideal de títulos e textos de acordo com a finalidade da campanha.

Desse modo, os responsivos demandam um pouco mais de atenção quando estão sendo feitos. As partes do anúncio devem ser elaboradas de modo com que sejam compreendidas unicamente, sem depender de uma combinação para fazer sentido.

Isso porque, dois títulos podem fazer sentido em uma frase dependendo de como forem combinados. Mas, se a ordem for alterada, o sentido pode ser perdido também.

Mas fique tranquilo! O Google fornece uma ferramenta que proporciona ao anunciante escolher e fixar as partes do anúncio para que não haja perda de sentido.

Anúncio Expandido

Já os anúncios expandidos consistem em anúncios de textos e possuem um limite maior de caracteres. Ou seja, sua finalidade é fornecer mais informações ao usuário antes do clique em dispositivos móveis.

Sendo assim, eles possuem dois títulos de anúncios, sendo uma descrição mais longa, e uma URL mais informativa. Desse modo, as taxas de clique dos expandidos são significativamente maiores que os comuns.

Quais as métricas do Google Ads?

Após rodar e colocar em prática a campanha de Ads, é necessário saber se o que foi investido está realmente trazendo resultado, ou seja, se a campanha está no caminho ideal.

Para isso, são utilizadas algumas métricas que fornecem análises do desempenho dos anúncios. Dentre elas, as principais são:

Impressões

Consiste no número de usuários que viram seu anúncio, mas não necessariamente clicaram nele.

Cliques

Consiste na quantidade de cliques que o anúncio obteve, ou seja, quantos usuários clicaram no mesmo.

CTR

O CTR consiste na taxa de conversão. Ou seja, representa a porcentagem dos usuários que clicaram no anúncio. Ela é obtida a partir da divisão do número de cliques pelo número de impressões.

Com ela é possível ter um certo controle da sua campanha e também, dos concorrentes, já que caso o CTR diminua, significa que alguma outra campanha passou na frente.

CPC

O CPC consiste no custo por clique, e basicamente, mostra quanto custa para convencer um usuário a clicar no seu anúncio. Sendo assim, é ela fundamental para controlar o orçamento da campanha.

Desse modo, quanto menor o CPC, maior seu CTR e maior o seu retorno sobre o investimento (ROI), o qual falaremos sobre a seguir.

ROI

Como citado logo acima, o Ads fornece muitos dados que permitem ao anunciante analisar a performance dos seus anúncios. Assim, é possível ter certeza sobre o retorno sobre investimento (ROI).

Dessa forma, é possível identificar os anúncios que receberam mais cliques e focar o investimento para esses, garantindo mais retorno.

Além disso, existem outras ferramentas de análises, como o Google Analytics, o qual fornece mais detalhes sobre a rotina de compra do usuário. Por exemplo, em qual momento ele desistiu de finalizar a compra.

Conclusão

Sabemos que a concorrência atualmente está cada vez maior. Pensando nisso, as empresas devem sempre atentar-se às estratégias para obter destaque, e no meio digital não seria nada diferente.

Sendo assim, é de extrema importância manter a qualidade do produto ou serviço que sua marca oferece, mas também é essencial saber como e qual a melhor maneira de divulgá-lo.

E é exatamente aí que surge a importância dos anúncios. Usando o Google Ads corretamente, é possível obter muitos resultados positivos e retorno para o seu negócio.

Desse modo, para saber se está no caminho ideal ou se é necessário realizar alguma mudança, é preciso conhecer e entender sua funcionalidade e saber como colocá-lo em prática.

Vimos que existem diferentes tipos de anúncios e palavras-chaves envolvidas em cada campanha, o que pode ser um pouco difícil para quem não tem experiência na área.

Mas fique tranquilo pois temos como ajudar! Nós da Dinâmica Consultoria oferecemos um serviço de Plano de Marketing, o qual além de fortalecer o branding da sua marca, também é voltado para estratégias de atração.

Assim, o serviço foca em identificar seu público-alvo para conseguir ser assertivo nas estratégias, criando campanhas e aumentando os canais de comunicação, para alavancar a conversão em vendas!

Portanto, não deixe de checá-lo aqui para mais informações! Além disso, estamos oferecendo um WorkShop sobre Google Ads com três dias de duração mais uma apostila! Basta clicar aqui para se inscrever!

Caso tenha ficado com alguma dúvida ou queira saber mais, entre em contato conosco e venha ampliar a divulgação da sua marca conosco!

Por: Fernanda Garcia

3 / 107

Deixe uma resposta

Required fields are marked