Imagem ilustrativa para o conteúdo de gamificação

A definição de gamificação é simples. Como indica o nome, trata-se de aplicar o conceito de jogos a uma atividade ou processo de sua empresa, de maneira a classificar e nivelar os envolvidos nesta.

Para entendermos melhor o conceito de gamificação, primeiro precisamos entender o conceito dos jogos. Na teoria, todos os games da atualidade utilizam do mesmo mecanismo que jogos antigos utilizavam.

Portanto, as missões que definiam seu nível e de acordo com seu progresso, você era recompensado e/ou premiado.

O que é a gamificação?

Estes são exatamente os pilares da Gamificação.  Imagine os processos mais desinteressantes de sua empresa, que são necessários, mas não despertam interesse nenhum por parte de seus colaboradores em realizá-los.

Dessa forma, esse método serve exatamente para estas atividades. Encontrando um objetivo global entre os envolvidos no processo, basta definir métricas, níveis, o placar e por fim a premiação, a qual servirá como a motivação.

Com isso, é possível também observar o aumento notável no engajamento das pessoas que realizam aquele processo.

As maiores empresas do mundo, como a Gerdau, Deloitte, Starbucks, Nike e muitas outras já utilizam deste sistema. São mais de 500 milhões de usuários até junho de 2016.

Com isso, a empresa americana Engine Yard conseguiu um aumento de 40% de atendimento ao cliente por seus colaboradores, somente implementando um placar que demonstrava o tempo de atendimento e o número de clientes atendidos de cada colaborador.

Como aplicar na minha empresa?

A aplicação destes conceitos nem sempre é fácil. É necessário a criação de uma temática, que deve envolver toda empresa, e existem alguns passos que podem ajudar a criação deste conceito:

1° Passo: Briefing

Nesta etapa, deve-se analisar a cultura atual da empresa, entender o contexto em que ela está inserida em relação a seus funcionários, parceiros e stakeholders.

2° Passo: Estudos

Aqui deverão ser analisados criticamente os perfis de seus colaboradores.

Portanto, encontrar quais são seus motivadores e quais poderão ser os possíveis problemas que as atividades levantarão. É importante identificar nesta etapa como cada tema a ser escolhido influencia nas relações dos pontos vitais de sua empresa.

3º Passo: Definição

É aqui que são dadas as primeiras diretrizes e planos de ação, qual temática utilizar, como aplicar, como pontuar e como premiar.

As ideias devem ser geradas de uma forma colaborativa para um aumento da efetividade desta etapa, recomenda-se reuniões e imersões para esta fase.

4º Passo: Projeto Piloto

Nesta etapa então, os modelos saem do papel e entram em forma de testes rápidos, protótipos para envolver funcionários, parceiros e stakeholders e início da implementação do novo clima e cultura organizacional.

Assim, como no PDCA (do inglês: PLAN – DO – CHECK – ACT), ao final dos testes devem ser feitos os ajustes até estar pronto para ser lançado como versão oficial.

5º Passo: Game

Por fim, após todos os ajustes realizados no projeto piloto, a gamificação está pronta para rodar, e a partir de agora deve ser implementado os processos de mensuração e acompanhamento dos resultados.

Conclusão

Implementando esses passos, você garantirá um aumento da produtividade de seus colaboradores, estimulo a colaboração e irá atingir melhores resultados.

A Dinâmica Consultoria ambienta esse modelo em algumas de suas diretorias e também aplica em projetos, os resultados são perceptíveis e aplicando passo a passo, sua equipe poderá atingir a excelência em resultados.

Caso tenha ficado alguma dúvida, entre em contato conosco e saiba mais sobre os nossos serviços!

Autor: José Rafael Azevedo dos Santos