(44) 99880-0690 contato@dinamicaej.com.br UEM - Maringá/PR

Futuro Híbrido: Entenda mais sobre essa nova realidade

Futuro Híbrido e Experiência do Colaborador

Há 2 anos, o mundo vem tendo que se reinventar ao enfrentar as novas condições que de uma hora para a outra entraram em nossas vidas e rotinas. Em meio a isso, a Experiência do Colaborador foi afetada.

Assim, muito do que podemos imaginar passou por mudanças. As relações, tanto pessoais quanto profissionais, os hábitos, a forma de se comunicar, e principalmente, a forma de trabalhar.

E assim, nesse período nos foi introduzida uma realidade inédita e que até então chegava a nos causar estranheza. Escritórios fechados, cada um trabalhando de sua casa, trocando informações e realizando contato através de uma tela e tendo que se adaptar a essa nova forma de trabalho.

Para alguns, os dias sem poder ir além da sala da própria casa foram difíceis e a ansiedade para que eles chegassem ao fim era grande. Para outros, essa nova realidade facilitou a rotina e não trouxe tantos prejuízos assim. 

Dessa forma, sabe-se que cada colaborador teve um impacto diferente frente a tudo isso. Para que a vivência empresarial de cada um deles seja positiva e agradável e que cada um possa trabalhar da melhor e mais confortável forma possível é que vem a Experiência do Colaborador. 

Ficou interessado no assunto? Se aprofunde no conteúdo e saiba mais sobre o tema!

E o que de fato é o futuro híbrido?

A impossibilidade dos funcionários trabalharem de forma presencial foi uma adversidade nada esperada e exigiu que as empresas inovassem na forma de executar as atividades.

Com isso, se descobriu uma nova maneira de realizar as atividades. Anos atrás, você imaginava que um dia grande parte de uma empresa poderia executar suas atividades do próprio sofá, sem ter que se deslocar até o trabalho?

Nesse cenário, já existem muitas empresas que reduziram seus espaços, e o que restou está sendo revezado e dividido entre os funcionários. Pesquisas apontam que 82% dos empresários ouvidos pretendem manter seus funcionários de forma híbrida. Frente a isso, apenas 16% continuarão os trabalhos de forma totalmente presencial e 2% totalmente online.

Como já mencionado, há quem diga que a mudança para o mundo digital tenha sido algo negativo, assim como há quem pense o contrário. 

A princípio, é claro que a rotina ao trabalhar remotamente acaba sendo mais flexível, mais rápida, já que em segundos é possível contatar alguém sem a necessidade de se transportar, proporciona mais conforto e até mesmo mais proximidade com quem é da mesma casa. 

Em contrapartida, a correria do dia-a-dia, trocas de informações olho a olho, e, principalmente, a convivência e descontração com os parceiros de trabalho, são aspectos que não podem ser proporcionados por trabalhos remotos e acabam fazendo falta na rotina.

Mas já pensou que cada uma das formas de trabalho tem suas vantagens e o melhor talvez seja explorar o que cada uma tem de melhor, da forma que for mais benéfica para o trabalhador?

Afinal de contas, é disso que o futuro híbrido trata. Da capacidade dos líderes de empresas de saberem lidar com essa nova forma de inovação e tecnologia, encontrando a melhor opção para que tanto a satisfação da empresa quanto do trabalhador sejam atingidas.

E onde entra o Employee Experience?

O Employee Experience, como no inglês se chama a Experiência do Colaborador, entra nesse cenário de forma a garantir a satisfação dele. Para isso, entende-se que para a empresa encontrar a melhor forma de organizar o trabalho, é necessário pensar em como isso será para o próprio colaborador.

Com essa finalidade, se utilizam estratégias que criem um ambiente de trabalho confortável e que ofereça aos funcionários uma vivência agradável dentro da empresa. E o conjunto dessas estratégias é justamente o EX (Employee Experience).

O foco da área de Experiência do Colaborador, como o próprio nome já diz, é exatamente o trabalhador. Acerca disso, entende-se que enquanto ele estiver em um ambiente propício para seu desenvolvimento e bem estar, a empresa só tem a ganhar. Isso porque qualquer trabalho que executamos quando estamos bem, é melhor executado.

Ou seja, ao oferecer ao funcionário uma boa experiência, também é oferecida a ela uma maior dedicação e empenho. Isso acaba acarretando em um melhor ambiente organizacional, com um serviço de maior produtividade e qualidade.

A importância e vantagens do Employee Experience

Tendo isso em vista, é de se imaginar que os ganhos com o EX são vários. 

A princípio, essa importância se reflete na fidelização dos colaboradores. Ao deixar um trabalhador contente e satisfeito com sua situação, o mesmo criará um senso de identificação com a empresa. 

Com isso, se torna mais provável sua permanência e consequentemente sua especialização no serviço, sem a necessidade de repetir o processo de capacitação com outras pessoas. Ou seja, há uma redução da rotatividade da empresa.

Além disso, com um funcionário que admire seu ambiente organizacional, cresce a possibilidade de que ele recomende a empresa para outras pessoas, o que atrai possíveis novos talentos para a equipe.

Ainda focando nos impactos dessa satisfação ao colaborador, sabe-se que alguém com maior qualidade de vida e que se sente feliz e valorizado no ambiente onde está inserido tende a ser mais dedicado, eficiente, produtivo e realizar suas tarefas com maior disposição e boa vontade.

Também, como mencionado anteriormente, para a empresa isso também é extremamente favorável. Isso porque estando os profissionais contentes com sua situação, eles tendem a fortalecer o ambiente, a cultura e a comunicação organizacional. Dessa forma, toda a organização é inserida em um ambiente agradável que oferece uma sensação de bem estar, e tudo acaba virando um ciclo.

 Além disso, essa maior força de vontade faz com que também ocorram impactos na produtividade e qualidade do serviço. Isso porque um trabalhador engajado com seu trabalho tende a se esforçar mais e dar cada vez mais de si. No final, a empresa acaba percebendo esse retorno até mesmo monetariamente

Para um maior aprofundamento no assunto de Experiência do Colaborador, baixe nosso e-book preenchendo o formulário abaixo!

Mas afinal, onde o EX se encaixa no futuro híbrido?

Com todas essas informações, é simples entender a relação entre o futuro híbrido e a Experiência do Colaborador

Como sabemos, esse período em que muitos de nós passamos trabalhando em casa provocou impressões e sentimentos diferentes em cada indivíduo. 

Alguns se adaptaram e se descobriram nessa nova forma de trabalho. Foi de agrado de muitos a flexibilidade possibilitada pelo trabalho remoto, seja por poder ajustar melhor seus próprios horários, seja pela praticidade para resolver outras demandas da rotina. 

Em contrapartida, outros, ao serem privados do convívio do dia-a-dia, descobriram que o ambiente de trabalho faz mais falta do que se imaginava. Não conseguiram se adaptar a dividir o espaço de descanso com o da profissão, a passar muito tempo sem sair para a rua, a não ver os colegas de profissão e assim ter descontração enquanto exerce as atividades.

Como resultado, muitos acabaram sentindo além do desconforto e insatisfação, e passaram até mesmo a desenvolver transtornos como o de ansiedade.

Dessa forma, entende-se que vai de cada indivíduo a forma de lidar e a preferência por cada um dos modelos de trabalho. Por isso, é essencial que as lideranças das empresas entendam que seu papel é analisar as prioridades e necessidades de cada um.

Com isso, estarão criando condições para que o trabalho seja feito da melhor maneira, de forma que isso acarrete em melhores resultados.

Conclusão

Por fim, vimos que o futuro promete um modelo de trabalho que há 2 anos não imaginaríamos viver. Algumas empresas com o modelo tradicional, algumas apenas em trabalho remoto, mas uma maioria misturando e aproveitando o melhor de cada um

Com essa maioria híbrida, é essencial que as empresas procurem a melhor forma de executar o trabalho, para que ele seja feito com excelência.

Para que isso aconteça, é necessário esforço e dedicação de cada uma das partes. Dos líderes, que tragam aos seus funcionários bem-estar, motivação, acolhimento, e dos funcionários, que ao sentirem isso, trabalharão com uma maior boa vontade e darão seu melhor, proporcionando melhores e mais eficientes resultados.

Isso só nos mostra que ao virar a atenção ao EX, a empresa tem a ganhar não apenas em um ambiente organizacional melhor, mas até mesmo em resultados concretos.

Você sabia que a Dinâmica possui um serviço de Experiência do Colaborador? Com ele, entende-se as necessidades dos colaboradores, assim, aumentando o nível de satisfação deles, proporcionando um ambiente de trabalho mais agradável e com melhores resultados. 

Além disso, caso queira se aprofundar mais no assunto, baixe nosso e-book gratuito e acesse nosso outro conteúdo que trazem mais sobre o Employee Experience.

Entre em contato conosco para que possamos proporcionar o melhor para sua empresa e seus funcionários juntos!

Por: Caroline Costa

6 / 113

Deixe uma resposta

Required fields are marked