Os 5S constituem uma técnica para estabelecer e manter a qualidade do ambiente de trabalho da organização por meio de cinco sensos: utilização, padronização, limpeza, autodisciplina e ordenação.

A Dinâmica Empresa Júnior, em um projeto de Aplicação do 5S para uma tornearia, desenvolveu um manual dos cinco sensos na empresa. Para o senso de utilização, foi feito o levantamento dos materiais passíveis de descarte e uma planilha de controle de entrada e saída dos materiais. No senso de organização, foi elaborada uma planilha de controle de equipamentos e peças do almoxarifado para diferenciar o local onde cada material ficaria disposto. O trabalho no senso de padronização consistiu na sugestão da implantação de etiquetas de identificação na fábrica, com o intuito de tornar o ambiente de trabalho mais organizado. No senso de limpeza foi criada uma rotatividade e um roteiro de limpeza para a orientação dos funcionários, além do levantamento de métodos de prevenção de sujeira. Por fim, o senso de autodisciplina consistiu no desenvolvimento de materiais de conscientização e de controle do 5S, além da criação de um comitê para monitorar a implantação da metodologia na empresa.

Assim, uma consultoria nesta área traz a possibilidade do alinhamento da produtividade com o bem-estar no trabalho, pois um ambiente de trabalho organizado, limpo e com materiais em bom estado tendem a motivar os colaboradores, aumentando também o rendimento da empresa.