Imagem ilustrativa para o conteúdo de análise do mercado

Estima-se que agora, em 2020, o Brasil deva atingir a maior quantidade de empreendedores iniciais dos últimos 20 anos. Com um quarto da população adulta do país envolvida com o empreendedorismoprincipalmente, por causa da crise causada pela pandemia do corona vírus. 

Em contrapartida, dados do IBGE mostram que mais de 700 mil pequenos negócios encerraram as atividades em definitivo na pandemia, devido a vários fatores. Dentre eles a má gestão e a falta de entendimento do mercado em que estão inseridos.  

Por isso é de extrema importância antes de abrir qualquer negócio, analisar e entender de forma detalhada setor, que o empreendimento estará inserido. Além de todas as variáveis que poderão influenciar em seu sucesso ou fracasso. 

Então, como analisar o mercado de forma assertiva para abrir um novo negócio

Existem diversas estratégias e ferramentas que podem auxiliar na abertura de um negócio, aqui traremos algumas sugestões para realização de análises de mercado que possam ser utilizadas na identificação de variáveis importantes para a estratégia do negócio. 

Business Model Canvas 

Portanto, essa primeira sugestão de ferramenta, é muito eficiente quando falamos sobre estruturar de forma objetiva as principais etapas de um novo negócio. 

Além disso, o Business Model Canvas possibilita o desenvolvimento de um planejamento estratégico destrinchadofacilitando a validação da sua ideia através de análises sobre sua viabilidade. 

Os Nove blocos

Canvas business
Canvas business
  • Proposta de valor: O que o negócio oferecerá para o mercado que realmente terá valor para os clientes. Logo, quais os diferenciais do negócio em relação a outros já existentes. 
  • Segmento de Clientes: Quais segmentos de clientes serão foco da empresa. 
  • Canais: É de extrema importância definir os canais onde o cliente irá encontrar, comprar e receber seu produto ou serviço. 
  • Relacionamento com o Cliente: Como será a relação da sua empresa com cada segmento de cliente, aqui é importante definir estratégias diferenciadas, que façam o negócio se destacar. 
  • Atividades ChavesSerão identificadas as principais atividades para que seja possível entregar aos clientes a Proposta de Valor desenvolvida. 
  • Recursos ChavesSão os recursos essenciais para realizar as Atividades Chave definidas no bloco anterior. 
  • Parcerias Chaves: Aqui as Atividades Chave serão destrinchadas, identificando possíveis terceirizações e quem seriam os parceiros, definindo também quais Recursos Chave serão adquiridos fora da empresa. 
  • Fontes de Receitas: Serão definidas as formas de obter receita através da Proposta de Valor. 
  • Estrutura de Custos: São os custos relevantes para que a estrutura proposta funcione, nesta etapa é interessante também, se possível, realizar um levantamento do investimento inicial, e até um cálculo do payback do negócio.

Dessa forma, tudo que for desenvolvido nos nove blocos servirá como base para definir a forma como você poderá operar e gerar valor ao mercado. Assim, com seus principais fluxos e processos identificados é possível análises e uma prévisualização do modelo na prática. 

Análise de Segmentação de Mercado  

Segmentação de mercado é uma estratégia para entender os diferentes mercados consumidores. Logo, tem com o objetivo dividi-los em grupos, segmentando os que possuem expectativas semelhantes e necessidades em comum. Assim, possui objetivo de determinar e atingir seu público-alvo.  

Através da definição e entendimento desse público, será possível definir como chegar até ele, encontrando um posicionamento assertivo dentro do nicho. 

Dessa forma, isso irá englobar desde as ações de comunicação e relacionamento, até o design do produto ou serviço, considerando também os materiais de comunicação visual por exemplo. 

Portanto, vale ressaltar que a segmentação de mercado é uma estratégia que pode e deve ser realizada com frequência para reorientar empresa, durante seu ciclo de vida. 

Além disso, é uma grande vantagem competitiva em épocas de crise, pois ajuda o negócio a se destacar em relação a concorrência e assegurando seu crescimento.  

Assim, existem alguns tipos de segmentação de mercado mais comuns, são elas: 

Segmentação geográfica

A segmentação geográfica consiste em dividir o mercado em diferentes unidades, como países, estados, cidades ou até bairros. Assim, com esses dados em mãos, a empresa pode decidir se vai atuar em uma ou mais áreas, dando uma atenção especial para as diferenças regionais e desejos de cada marketshare.  

Segmentação Psicográfica

Divide os clientes em grupos, de acordo com seu estilo de vida, atitudes, valores, hábitos e opiniões. Dessa forma, a segmentação psicográfica ajuda a entender elementos emocionais que influenciam na hora da compra. Com isso, identifica alguns comportamentos do consumidor que até então eram desconhecidos. 

Segmentação comportamental

Através dela é possível identificar onde seu público compra e com qual frequência. Assim, essa segmentação pode ajudar também a expandir o uso de um produto. 

Com isso, para conseguir as informações corretas na segmentação, é necessário antes, direcionar corretamente perguntas em uma pesquisa. Sendo possível então, compreender as semelhanças e as diferenças dos seus mercados, com informações sobre demografia, gênero, idade, renda, entre outras. Ou seja, tudo dentro da estratégia elaborada previamente. 

5 Forças de Porter 

Outra ferramenta que pode ser utilizada para analisar de forma eficiente o mercado em que o negócio estará inserido são as 5 forças de Porter. 

Desse modo, ela consiste em um modelo de análise competitiva que pode determinar a posição de qualquer empresa no mercado. 

Assim, as forças vão funcionar como pilares para uma empresa e caso algum pilar seja modificado, a empresa precisará reavaliar seu posicionamento estratégico também.  

Sabendo o que é essa ferramenta, vamos agora detalhar cada uma das 5 forças: 

Rivalidade entre Concorrentes

Na primeira força é analisado o grau de competição existente no setor que o negócio está inserido, é interessante quantificar as empresas do ramo, além de, comparar preços e diferenciais desses concorrentes. 

Poder de Barganha dos Fornecedores

Aqui é identificado o grau de dependência do negócio em relação aos fornecedoresse o número de fornecedores disponíveis for baixo seu controle será menor. Portanto, se o número de opções é maiorterá mais possibilidades de comprar barato e fazer demandas. 

Poder de Barganha dos Clientes

Esse poder segue o mesmo princípio do anteriorou seja, quanto maior for o nível de competição do mercado, maior será o controle dos clientes no processo de venda. Consequentemente, se os clientes encontram poucas empresas que oferecem a solução de que precisam, o controle fica concentrado nessas empresas. 

Ameaça de Novos Concorrentes

Aqui é analisada a probabilidade de novos concorrentes entrarem no mercado com um produto ou serviço semelhante ao seu. Dessa maneira, deve-se considerar o crescimento desse segmento de mercado, lucratividade do setor, crescimento da economia no período, e também a inovação do negócio em relação aos concorrentes. 

Ameaça de Novos Produtos ou Serviços

Nesta última força, considera-se as possibilidades de novos produtos ou serviços entrarem no mercado e tornarem a sua solução ultrapassada. Assim, é importante discutir com calma essa ameaça, para que surjam analises realmente válidas. 

Dessa forma, utilizando as 5 Forças de Porter dforma estratégica, ela te auxiliará a ter ideias e levantar pontos que até então não tinham sido percebidos. 

Qual das ferramentas citadas devo utilizar no meu negócio? 

A escolha da ferramenta vai depender muito do objetivo principal que você gostaria de obter com as análises. 

Se você possui uma ideia para um novo negócio e gostaria de uma validação. Logo, pode ser utilizado inicialmente o Business Model Canvas, e caso a ideia seja levada adiante, pode-se utilizar as Análises de Segmentação de Mercado e as 5 Forças de Porter complementando as estratégias de direcionamento do Marketing da empresa. 

Agora, se você já possui uma empresa estabelecida, as Análises de Segmentação de Mercado e as 5 Forças de Porter, podem ser mais úteis estrategicamente para o negócio. Assim, irá forncer insights positivos e um direcionamento mais assertivo na tomada de decisão. 

De qualquer forma, as três ferramentas discutidas aqui podem ser utilizadas para análises eficientes do mercado, considerando variáveis que antes não haviam sido identificadas, e são de extrema importância. 

Então, quer saber mais sobre? A Dinâmica Consultoria pode te ajudar nessa! Confira nossos serviços de Plano de Negócios e entre em contato conosco para agendarmos uma reunião de diagnóstico gratuito. 

Por: Isadora Carvalho